Visão Geral do Capão Raso


Com pouco mais de 5 km² de área, o Capão Raso é uma importante região residencial do centro-sul da cidade.

Originário da propriedade de imigrantes italianos que ajudaram na construção de uma rodovia ligando Curitiba a São José dos Pinhais, o bairro se desenvolveu ao longo da estrada, recebendo principalmente a população trabalhadora empregada nos bairros vizinhos como a Cidade Industrial, o Pinheirinho, e o Novo Mundo. 


Transporte no Capão Raso

O transporte no bairro é feito principalmente através das linhas de expressos biarticulados Circular Sul e o “ligeirão” Pinheirinho/Carlos Gomes.

Já os motoristas contam com a rodovia Régis Bittencourt e com as avenidas Winston Churchill e Brasília para trafegar rapidamente entre o bairro e outras regiões curitibanas.

Terminais de Integração

Curiosamente, o Terminal Capão Raso se localiza na divisa entre o Capão Raso e o bairro do Novo Mundo, sendo o Terminal Pinheirinho o principal ponto de integração do transporte coletivo dentro da área geográfica do bairro.

Atendido por linhas alimentadoras da região, ligeirinhos (linha direta), expressos biarticulados e pelo expresso direto (também conhecido como “ligeirão”) Carlos Gomes/Pinheirinho, o terminal urbano oferece praticidade ao usuário do transporte coletivo, e fica na Avenida Winston Churchill, 0.  

Linha Verde

O antigo trecho urbano da BR116 – Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo à região Sul do Brasil – foi revitalizada, recebendo mais pistas de rolagem, ciclovias, e pistas exclusivas para ônibus expressos, sendo batizada como Avenida Linha Verde.

A via atravessa diversos bairros de Curitiba, assim permitindo a ligação rápida no eixo Norte-Sul da cidade e delimita a fronteira entre o Capão Raso e o Xaxim, situado a leste da autopista, sendo uma das principais vias de acesso à região tanto para automóveis quanto para o transporte público.

Cultura e Lazer no Capão Raso

Por ser um bairro principalmente residencial, e de fácil acesso a outras regiões da cidade, o Capão Raso não conta com tantas opções de lazer e cultura quanto outros bairros próximos.

Ainda assim, conta com algumas opções de praças e bosques espalhados pelo bairro, que ao total concentra mais de 14 mil m² de áreas verdes.

Gastronomia e Vida Noturna no Capão Raso

Assim como outros bairros majoritariamente residenciais, a gastronomia e a vida noturna do Capão Raso se restringem principalmente ao atendimento cotidiano dos moradores, contando com muitos estabelecimentos especializados em lanches e refeições rápidas, bem como opções de happy hour para a descontração após o trabalho.

Churrascaria Gaúcha

As exceções à regra dos restaurantes focados em refeições rápidas encontrados no Capão Raso se encontram dispersas ao longo da margem da Linha Verde, com número significativo de churrascarias que funcionam no sistema rodízio.

Entre elas, o destaque é a Churrascaria Gaúcha, que além dos cortes nobres preparados com muito cuidado, também é conhecida por servir, durante os meses de inverno, uma deliciosa sopa de capeletti.

Fica no km 107 da Linha Verde, número 19511.  


Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar sua experiência. Ao navegar nesse site, você concorda com a nossaPolítica de Cookies